terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Uma auto- avaliação

 

“Guardei no coração a tua palavra, para não pecar contra ti “. (Sl 119.11)

evangelico_religioso135

O final do ano é uma oportunidade para  avaliar como tem sido a nossa vida a luz da ética e dos princípios ensinados por Jesus. Pare um pouquinho, deixe a balbúrdia e a agitação de lado e pense no seguinte:

- Realizei tudo o que podia, da melhor maneira  possível? Em outras palavras, será que procedi conforme Paulo ensina:”Tudo o que fizerem, façãm de todo o coração, como para o Senhor e não para os homens” (Cl3:23)?

- Fui bondoso e misericordioso para com aqueles que são menos afortunados do que eu?

- Tratei meus familiares com respeito e amambilidade?

- Fui agradecido pelas belezas da natureza  que o Pai Celestial nos deu com tanto amor?

- Tenho tratado com respeito a natureza?

- Tive uma atitude animada diante das adversidades, como aconselhou Neemias ao povo: “Não se entristeçam, porque a alegria do Senhor os fortalecerá” (Ne 8:10c)?

- Estive satisfeito com as pequenas coisas da vida e não reclamei porque gostaria de ter mais?

- Fui paciente com as ideias dos outros,  jovens e idosos, mesmo quando diferiam das minhas próprias, segundo Paulo ensina em 2 Tim 2.24.”Ao servo do Senhor não convém brigar, mas ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente”?

- Ajudei alguém ao longo do caminho, quando ele era mais áspero para o outro do que para mim?  cao

  Outro dia li o seguinte:”Deus está esperando que comecemos a fazer tudo aquilo para o qual esta vida nos foi dada”.

Portanto , não desperdice mais tempo. Que ele abençoe a sua vida, guiando-o hoje e sempre em direção àquilo que voce almeja ser. Que você possa realizar os projetos do Senhor para sua vida e se torne o que ele quer que você seja.

 

Pela leitura bíblica de hoje, sua conduta seria aprovada?

 

 

Pão Diário nº 13

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

A PAZ PERFEITA


Havia um rei que ofereceu um grande prêmio ao

artista que fosse capaz de captar numa pintura...

...a paz perfeita.

Foram muitos os artistas que tentaram.

O rei observou e admirou todas as pinturas,

mas houve apenas duas de que ele realmente gostou

e teve que escolher entre ambas.


A primeira era um lago muito tranqüilo.

Este lago era um espelho perfeito onde se refletiam

umas plácidas montanhas que o rodeavam.

Sobre elas encontrava-se um céu muito azul com tênues nuvens brancas.

Todos os que olharam para esta pintura pensaram

que ela refletia a paz perfeita.



A segunda pintura também tinha montanhas.

Mas estas eram escabrosas e estavam despidas de vegetação.

Sobre elas havia um céu tempestuoso

do qual se precipitava um forte aguaceiro com faíscas e trovões.

Montanha abaixo parecia retumbar uma espumosa torrente de água.

Tudo isto se revelava nada pacífico.



Mas, quando o rei observou mais atentamente,

reparou que atrás da cascata havia um arbusto

crescendo de uma fenda na rocha.

Neste arbusto encontrava-se um ninho.

Ali, no meio do ruído da violenta camada de água

estava um passarinho placidamente sentado no seu ninho.

Paz perfeita.

Qual pensas que foi a pintura ganhadora?

O rei escolheu a segunda. Sabes por quê?

"Porque", explicou o rei,

"paz não significa estar num lugar sem ruídos, sem problemas,

sem trabalho árduo ou sem dor".


"Paz significa que,

apesar de se estar no meio de tudo isso,

permanecemos calmos no nosso coração.

Este é o verdadeiro significado da paz"



Autor Desconhecido

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

VALORIZE





Certa vez, o dono de um pequeno sítio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor tão bem conhece. Será que o senhor poderia redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão. A casa banhada pelo sol nascente, oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda".

Meses depois, o poeta encontra o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pense mais nisso, disse o homem. Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!

Às vezes, não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros. Valorize o que você tem, os amigos que estão perto de você, o emprego que Deus lhe deu, o conhecimento que você adquiriu, a sua saúde, o sorriso do seu filho.

Esses são os verdadeiros tesouros.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

A IMPORTÂNCIA DO PERDÃO


O pequeno Zeca entra em casa, após a aula, batendo forte os seus pés no

assoalho da casa. Seu pai, que estava indo para o quintal fazer alguns

serviços na horta, ao ver aquilo chama o menino para uma conversa.

Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai

dissesse alguma coisa, fala irritado:

- Pai estou com muita raiva. O Juca não deveria ter feito comigo. Desejo

tudo de ruim para ele.

Seu pai, um homem simples mas cheio de sabedoria, escuta, calmamente, o filho que continua a reclamar:

- O Juca me humilhou na frente dos meus amigos. Não aceito. Gostaria que ele ficasse doente sem poder ir à escola.

O pai escuta tudo calado enquanto caminha até um abrigo onde guardava um saco cheio de carvão. Levou o saco até o fundo do quintal e o menino o acompanhou, calado.

Zeca vê o saco ser aberto e antes mesmo que ele pudesse fazer uma

pergunta, o pai lhe propõe algo:

- Filho, faz de conta que aquela camisa branquinha que está secando no

varal é o seu amiguinho Juca e cada pedaço de carvão é um mau pensamento seu, endereçado a ele. Quero que você jogue todo o carvão do saco na camisa, até o último pedaço. Depois eu volto para ver como ficou.

O menino achou que seria uma brincadeira divertida e pôs mãos à obra. O

varal com a camisa estava longe do menino e poucos pedaços certavam o

alvo.

Uma hora se passou e o menino terminou a tarefa. O pai que espiava tudo de longe, se aproxima do menino e lhe pergunta:
- Filho como está se sentindo agora?

- Estou cansado mas estou alegre porque acertei muitos pedaços de carvão na camisa.

O pai olha para o menino, que fica sem entender a razão daquela

brincadeira, e carinhoso lhe fala:

- Venha comigo até o meu quarto, quero lhe mostrar uma coisa.

O filho acompanha o pai até o quarto e é colocado na frente de um grande

espelho onde pode ver seu corpo todo. Que susto! Só se conseguia enxergar seus dentes e os olhinhos.


O pai, então, lhe diz ternamente:

- Filho, você viu que a camisa quase não se sujou; mas, olhe só para você.

O mal que desejamos aos outros é como o que lhe aconteceu. Por mais que possamos atrapalhar a vida de alguém com nossos pensamentos, a borra, os resíduos, a fuligem ficam sempre em nós mesmos...


Moral da história

Cuidado com seus pensamentos; eles se transformam em palavras.

Cuidado com suas palavras; elas se transformam em ações.

Cuidados com suas ações; elas se transformam em hábitos.

Cuidado com seus hábitos; eles moldam o seu caráter.

Cuidado com seu caráter; ele controla o seu destino

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

CONSTRUA COM SABEDORIA



Pr Valtair Freitas



Um velho carpinteiro estava pronto para se aposentar.

Ele informou ao chefe seu desejo de sair da indústria de construção e passar mais tempo com sua família.

Ele ainda disse que sentiria falta do salário, mas realmente queria se aposentar.



A empresa não seria muito afetada pela saída do carpinteiro, mas o chefe estava triste em ver um bom funcionário partindo e ele pediu ao carpinteiro para trabalhar em mais um projeto como um favor.



O carpinteiro concordou, mas era fácil ver que ele não estava entusiasmado com a idéia.

Ele prosseguiu fazendo um trabalho de segunda qualidade e usando materiais inadequados.



Foi uma maneira negativa dele terminar sua carreira.

Quando o carpinteiro acabou, o chefe veio fazer a inspeção da casa.

E depois ele deu a chave da casa para o carpinteiro e disse:

"Essa é sua casa. Ela é o meu presente para você".



O carpinteiro ficou muito surpreso. Que pena!

Se ele soubesse que ele estava construindo sua própria casa, ele teria feito tudo diferente.



O mesmo acontece conosco. Nós construímos nossa vida, um dia de cada vez e muitas vezes fazendo

menos que o melhor possível na construção.

Depois com surpresa nós descobrimos que nós precisamos viver na casa que nós construímos.



Se nós pudéssemos fazer tudo de novo, faríamos tudo diferente.

Mas não podemos voltar atrás.



Você é o carpinteiro.

Todo dia você martela pregos, ajusta tábuas e constrói paredes.

Alguém disse que "A vida é um projeto que você mesmo constrói".

Suas atitudes e escolhas de hoje estão construindo a "casa" que você vai morar amanhã.



Construa com Sabedoria!



* * * * * *

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

O RIO DA VIDA

 

rios 2

Era uma vez um riacho de águas cristalinas, muito bonito, que serpenteava entre as montanhas.
Em certo ponto de seu percurso, notou que a sua frente havia um pântano imundo, por onde deveria passar. Olhou, então, para Deus e protestou:

- Senhor, que castigo! Eu sou um riacho tão límpido, tão formoso, e o Senhor me obriga a atravessar um pântano sujo como esse! Como faço agora?

Deus respondeu:
- Isso depende da sua maneira de encarar o pântano. Se ficar com medo, você vai diminuir o ritmo de seu curso, dará voltas e, inevitavelmente, acabará misturando suas águas com as do pântano, o que o tornará igual a ele. Mas, se você o enfrentar com velocidade, com força, com decisão, suas águas se espalharão sobre ele, a umidade as transformará em gotas que formarão nuvens, e o vento levará essas nuvens em direção ao oceano. Aí você se transformará em mar.

Assim é a vida. As pessoas engatinham nas mudanças. Quando ficam assustadas, paralisadas, pesadas, tornam-se tensas e perdem a fluidez e a força.

É PRECISO ENTRAR PRÁ VALER NOS PROJETOS DA VIDA, ATÉ QUE O RIO SE TRANSFORME EM MAR.
Se uma pessoa passar a vida toda evitando sofrimento, também acabará evitando o prazer que a vida oferece.
Há milhares de tesouros guardados em lugares onde precisamos ir para descobri-los.
Não procure o sofrimento. Mas, se ele fizer parte da conquista, enfrente-o e supere-o.
Arrisque, ouse, avance na vida. Ela é uma aventura gratificante para quem tem coragem de arriscar.

sábado, 13 de novembro de 2010

A RENOVAÇÃO DA ÁGUIA

A águia é a ave que possui maior longevidade ds espécie, chega a viver 70 (setenta) anos, mas para chegar a esta idade, aos 40 (quarenta) anos, ela tem que tomar uma séria e difícil decisão.

Aos 4O (quarenta) anos, ela está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar as suas presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo, se curva, apontando contra o peito. Também está com as asas envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas e voar já é precário e muito difícil.            aguia 2

Então a águia só tem duas alternativas: Morrer ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar cinco meses.

Esse processo consiste em voar para o afto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão, onde ela não necessite voar e nem possa ser incomodada.

Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico na rocha até conseguir arrancá-lo.

Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas.

Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas.

E só após cinco meses passando por esse doloroso processo de renovação, a águia sai para o famoso vôo e para viver então mais 30 (trinta) anos.

aguias2

"Mas os que esperam no Senhor renovarão os suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão."

Isaias 4O: 31

sábado, 6 de novembro de 2010

Todo dia existe Deus

Deus

Um dia me perguntaram se eu acreditava em Deus.
Eu então lhes respondi da maneira como eu pensava.
Entre a lua e as estrelas num galope, num tropel,
Pisando nas nuvens brancas eu vi Deus passar no Céu.

Todo dia existe Deus...
No sorriso da criança, no canto dos passarinhos,
No olhar, na esperança...
Todo dia existe Deus...
Na harmonia das cores, na natureza esquecida, 
Na fresca aragem da brisa, na própria essência da vida...
Todo dia existe Deus...
No regato cristalino, pequeno servo do mar, 
Nas ondas lavando as praias, na clara luz do luar...
Todo dia existe Deus...
Na escuridão do infinito, todo ponteado de estrelas,
Na amplidão do universo, no simples prazer de vê-las...
Todo dia existe Deus...
Nos segredos desta vida, no germinar da semente,
Nos movimentos da Terra, que gira incessantemente...
Todo dia existe Deus...
No orvalho sobre a relva, na natureza que encanta,
No cheiro que vem da terra, e no sol que se levanta...
Todo dia existe Deus...
Nas flores que desabrocham perfumando a atmosfera,
Nas folhas novas que brotam anunciando a primavera...
Deus é capaz, Deus é paz,Deus 2
Deus é a esperança, é o alento do aflito,
O Criador do Universo, da luz, do ar, da aliança...
Deus é a justiça perfeita, que emana do coração.
Ao perdoar quem ofende, Ele é o próprio perdão...
Será que você não viu ainda o rosto de Deus
No colorido mais belo dos olhos dos filhos seus?
Deus é constante e perene, é Divino, de tal sorte
Que sendo a essência da vida é o descanso na morte...
Não há vida sem a volta e não há volta sem vida.
A morte não é a morte, é só a porta da vida...
Todo dia existe Deus...
No ciclo da natureza, neste ir e vir constante,
No broto que se renova, na vida que segue adiante,
Em quem semeia bondade, em quem ajuda o irmão
Colhendo felicidade, cumprindo a sua missão...
Todo dia existe Deus...
No suor de quem trabalha, no calo duro das mãos,
No homem que planta o trigo, no trigo que faz o pão,
Você pode sentir Deus dentro do seu coração...

 

Rita Pando

sábado, 30 de outubro de 2010

PAI NOSSO

Será inútil dizer
"Pai Nosso"
se em minha vida não ajo  como filho de Deus,
fechando meu coração ao amor.

Será inútil dizer
"que estais nos céus"
se os meus valores são representados pelos bens da terra.

Será inútil dizer
"santificado seja o vosso nome"
se penso apenas em ser cristão por medo, superstição e comodismo.

Será inútil dizer
"venha a nós o vosso reino"
se acho tão sedutora a vida aqui, cheia de supérfluos e futilidades.

Será inútil dizer
"seja feita a vossa vontade aqui na terra como no céu"
se no fundo desejo mesmo é que todos os meus desejos se realizem.

Será inútil dizer
"o pão nosso de cada dia nos dai hoje"
se prefiro acumular riquezas, desprezando meus irmãos que passam fome.

Será inútil dizer
"perdoai as nossas dívidas,
assim como nós perdoamos aos nossos devedores"
se não me importo em ferir, injustiçar, oprimir e magoar
aos que atravessam o meu caminho.

Será inútil dizer
"e não nos deixais cair em tentação"
se escolho sempre o caminho mais fácil,
que nem sempre é o caminho de Deus.

Será inútil dizer
"livrai-nos do mal"
se por minha própria vontade procuro os prazeres materiais,
e se tudo o que é proibido me seduz.

Será inútil dizer
"Amém"
porque sabendo que sou assim, continuo me omitindo
e nada faço para me modificar.

menino orando

Edmilson Duarte Rocha

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Aprendendo a conversar com Deus

Letícia Thompson






Para conversar com Deus é preciso antes de tudo aprender a estar em silêncio.
Muitos se queixam que não conseguem ouvir a voz de Deus e, portanto, não há nenhum mistério.
Deus nos fala. Mas geralmente estamos tão preocupados em falar, falar e falar, que Ele simplesmente nos ouve. Se falamos o tempo todo, nada mais natural que ouvirmos o som da nossa própria voz. Enquanto nosso eu estiver dominando, só ouviremos a nós mesmos.
A maneira mais simples de orar é ficar em silêncio, colocar a alma de joelhos e esperar pacientemente que a presença de Deus se manifeste. E Ele vem sempre. Ele entra no nosso coração e quebranta nossas vidas. Quem teve essa experiência um dia nunca se esquecerá.
Nosso grande problema é chegar na presença de Deus para ouvir somente o que queremos. Geralmente quando chegamos a Ele para pedir alguma coisa, já temos a resposta do que queremos. Não pedimos que nos diga o que é melhor para nós, mas dizemos a Ele o que queremos e pedimos isso. É sempre nosso eu dominando, como se inversamente, fôssemos nós deuses e que Ele estivesse à disposição simplesmente para atender a nossos desejos. Mas Deus nos ama o suficiente para não nos dar tudo o que queremos, quando nos comportamos como crianças mimadas. Deus nos quer amadurecidos e prontos para a vida.
Quem é Deus e quem somos nós? Quem criou quem e quem conhece o coração de quem? Somos altivos e orgulhosos. Se Deus não nos fala é porque estamos sempre falando no lugar dEle.
Portanto, se quiser conversar com Deus, aprenda a estar em silêncio primeiro. Aprenda a ser humilde, aprenda a ouvir. E aprenda, principalmente, que Sua voz nos fala através de pessoas e de fatos e que nem sempre a solução que Ele encontra para os nossos problemas são as mesmas que impomos. Deus também diz "não" quando é disso que precisamos. Ele conhece nosso coração muito melhor que nós, pois vê dentro e vê nosso amanhã. Ele conhece nossos limites e nossas necessidades.
A Bíblia nos dá este conselho: "quando quiser falar com Deus, entra em seu quarto e, em silêncio, ora ao Teu Pai."

Eis a sabedoria Divina, a chave do mistério e que nunca compreendemos. Mas ainda é tempo...
Encontramos no livro de Provérbios a seguinte frase:

"as palavras são prata, mas o silêncio vale ouro."
A voz do silêncio é a voz de Deus. E falar com Ele é um privilégio maravilhoso acessível a todos nós.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Altos e Baixos

“Já chega, ó Senhor Deus! Acaba agora com a minha vida!”

desert_flower

O que aconteceu com o profeta Elias? Que diferença gritante entre o herói que a Bíblia menciona no capítulo 18 e o homem deprimido sobre o qual lemos no capítulo 19.

Ás vezes, depois de um período de intenso estresse, mesmo que esse estresse resulte em sucesso e vitória, algumas pessoas são dominadas pela depressão.

Elias, um homem que não sentiu o menor receio de enfrentar quatrocentos e cinquenta falsos profetas, pouco tempo depois estava morrendo de medo, só pensando em fugir para salvar sua vida. O mais intrigante é o fato de que tanto medo foi provocado pelas ameaças de uma mulher.

O homem cheio de coragem, que, anteriormente, tinha orado para Deus mandar fogo do céu e queimar o altar dos falsos profetas, agora,  deseperado, pedia parao Senhor acabar com a sua vida, porque ahcava:”Eu sou um fracasso, como foram os meus antepassados” (v. 4b).

É interessante notar que Deu não ficou irado com seu servo e nem foi severo com ele. Carinhosamente, o Senhor alimentou Elias e o deixou dormir. Depois, falou com ele com voz calma e suave (v.12), mostrou que ele não estava sozinho (v.18) e que ainda tinha um trabalho importante a realizar. (Vs. 15-16).

Ás vezes, quando encontramos alguem sofrendo de depressão, ficamos tentados a pregar sermões ou julgar aquela pessoa. É muito comum confundirmos uma doença com um problema espiritual. Nós somos corpo, alma , espírito e precisamos, como Deus demonstrou no episódio enfretado por Elias, cuidar da nossa saúde física, emocional, mental e espiritual. Que possamos ser cuidadosos conosco e amáveis, amorosos e compreensivos com as pessoas que sofrem, assim como o Senhor foi com seu servo Elias.

ImagensDisol1

 

Judith

terça-feira, 19 de outubro de 2010

O PODER DA ORAÇÃO!!!

“E assim Pedro estava preso e era vigiado pelos guardas,mas a Igreja continuava a orar com fervor por ele.” (Atos 12.5)

depressão 2

Pedro não estava vivendo um momento bom. As perspectivas para o futuro não eram nada promissora. Ele estava preso, alguns cristãos já haviam sido mortos, e outros sendo perseguidos. Mas, nesse período de ansiedade e sofrimento, a igreja continuava a orar com fervor por ele.

Quando sentimos que não há mais que possamos fazer, que a solução do problema não está em nossas mãos, precisamos nos lembrar que Deus está no controle. Ele continua perto  de nós, nada pode superar o seu poder e, principalmente, seu cuidado para conosco. Tudo o que está pesando em nosso coração  deve ser levado a ele em oração.

Busque o Senhor inidividualmente, como casal e como  família. Experimente o socorro, o poder e o consolo de Deus na sua vida em todos os momentos.

 

Jaime Kemp

sábado, 16 de outubro de 2010

QUANDO TUDO COMEÇA NO FIM

um_novo_ano01

Todas as vezes que o diabo disse a alguém: "É o fim", ali, na verdade, era o começo dos melhores dias, das maiores vitórias, dos melhores casamentos.

 

O diabo disse a José do Egito, na cisterna do deserto: "É o fim!" e Deus disse: "É o começo, José, o governo do Egito te espera."

O diabo disse para Moisés no deserto de Sim: "E o fim!", e Deus disse: ' É o começo, transformar-te-ei no libertador do meu povo."

O diabo disse a Ester no tempo de escravidão: "E o fim!" e Deus disse: "É o começo transformar-te-ei na rainha dos Medos e Persas."

O diabo disse a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego na fornalha: "E o fim!" e Deus disse: "É o começo, vocês serão grandes governadores da Babilônia!"

O diabo disse a Daniel na cova dos leões: "É o fim!", e Deus disse: "E o começo, sua história mudará o mundo."

O diabo disse a Jonas, na barriga de um peixe: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, Nínive será salva através da tua pregação."

O diabo disse a João, exilado na Ilha de Patmos: "E o fim!", e Deus disse: "E o começo, você escreverá a maior revelação de todos os tempos - o Apocalipse."

O diabo disse a Jesus, morto na cruz: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, todo o poder no céu e na terra Eu entrego nas tuas mãos."

Por isso se o diabo disser a você que "É o fim!" comece a dar glória a Deus e Aleluia, porque Deus está dizendo: "É apenas o começo."

O diabo não tem o poder de decretar o fim de nenhum filho de Deus.

 

Z1kdhmun

"O sofrimento não é o fim, mas o começo para todos os que crêem.'

A GRANDEZA DO MAR



Você sabe por que o mar é tão grande?

Tão imenso? Tão poderoso?

É porque teve a humildade de colocar-se alguns centímetros

abaixo de todos os rios.

Sabendo receber, tornou-se grande.

Se quisesse ser o primeiro, centímetros acima de todos os rios,

não seria mar, mas sim uma ilha.

Toda sua água iria para os outros e estaria isolado.

A perda faz parte.

A queda faz parte.

A morte faz parte.

É impossível vivermos satisfatoriamente.

Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.

Impossível ganhar sem saber perder.

Impossível andar sem saber cair.

Impossível acertar sem saber errar.

Impossível viver sem saber viver.

Se aprenderes a perder, a cair, a errar, ninguém mais o controlará.

Porque o máximo que poderá acontecer a você é cair, errar e perder.

E isto você já sabe.



Bem aventurado aquele que já consegue receber com a mesma naturalidade

o ganho e a perda, o acerto e o erro, o triunfo e a queda, a vida e a morte.


Paulo Roberto Gaefke
(No livro "Quando é preciso Viver" página 29)

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

AS SETE MARAVILHAS DO MUNDO!

Um grupo de estudantes de geografia estudava as sete maravilhas do mundo. No final da aula, aos estudantes foi pedido para fazerem uma lista do que eles pensavam que fossem consideradas as novas sete maravilhas do mundo.


Embora houvesse algum desacordo começaram os votos:

1. A Grande Muralha - China

2. Cristo Redentor - Brasil

3. Petra - Jordânia

4. Taj Mahal - Índia

5. Coliseu de Roma - Itália

6. Chichén Itzá - México

7. Machu Pichu - Peru

Ao recolher os votos, o professor notou uma estudante muito quieta. A menina, não tinha virado sua folha ainda.

O professor então perguntou à menina se tinha problemas com sua lista.

A menina quieta respondeu:

"- Sim, um pouco, eu não consigo fazer a lista, porque são muitas maravilhas."

O professor disse:

"- Bem, diga-nos que o que você tem, e talvez nós possamos ajudá-la."

A menina hesitou, então leu:

"- Eu penso que as sete maravilhas do mundo sejam:

1. tocar

2. sentir sabor

3. ver

4. ouvir

Hesitou um pouco e então...

5. sentir

6. rir

7. e amar

A sala então ficou completamente em silêncio.

É fácil para nós, olhar as façanhas do homem. Nós negligenciamos tudo o que Deus fez para nós.

Que você possa se lembrar hoje, daquelas coisas que são verdadeiramente maravilhosas.


segunda-feira, 4 de outubro de 2010

SEGREDOS DE BELEZA DE UMA MULHER




Poema de Sam Levenson

Sam Levenson escreveu para os seus netos, e Audrey Hepburn leu o poema para seus filhos na véspera de Natal de 1992.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

1.



Para ter lábios atraentes, diga palavras doces.



2.



Para ter olhos belos, procure ver o lado bom das pessoas.



3.



Para ter um corpo esguio, divida sua comida com os famintos.



4.



Para ter cabelos bonitos, deixe uma criança passar seus dedos por eles pelo menos uma vez por dia.



5.



Para ter boa postura, caminhe com a certeza de que nunca andará sozinho.



6.



Pessoas, muito mais que coisas, devem ser restauradas, revividas, resgatadas e redimidas; jamais jogue alguém fora.



7.



Lembre-se que, se alguma vez precisar de uma mão amiga,

você a encontrará no final do seu braço. Ao ficamos mais velhos, descobrimos porque temos duas mãos, uma para ajudar a nós mesmos, a outra para ajudar o próximo.



8.



A beleza de uma mulher não está nas roupas que ela veste, nem no corpo que ela carrega, ou na forma como penteia o cabelo. A beleza de uma mulher deve ser vista nos seus olhos, porque esta é a porta para seu coração, o lugar onde o amor reside.



9.



A beleza de uma mulher não está na expressão facial, mas a verdadeira beleza de uma mulher está refletida em sua alma. Está no carinho que ela amorosamente dá, na paixão que ela demonstra.



10.



A beleza de uma mulher cresce com o passar dos anos.



- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



Sobre a autoria: colaboração Rosângela Aliberti

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

ATIRE A PRIMEIRA FLOR

Glácia Daibert

desert_flower

Quando tudo parecer caminhar errado, seja você a tentar o primeiro passo certo;

Se tudo parecer escuro, se nada puder ser visto, acenda você a primeira luz,
traga para a treva, você primeiro, a pequena lâmpada;

Quando todos estiverem chorando,  tente você o primeiro sorriso;
talvez não na forma de lábios sorridentes, mas na de um coração que
compreenda, de braços que confortem;
Se a vida inteira for um imenso não, não pare você na busca do primeiro
sim, ao qual tudo de positivo deverá seguir-se;

Quando ninguém souber coisa alguma, e você  souber um pouquinho,
seja o primeiro a ensinar,  começando por aprender você mesmo,

corrigindo-se a si mesmo;

Quando alguém estiver angustiado à procura, consulte  bem o que se passa,
talvez seja em busca de você mesmo que este seu irmão esteja;

Daí, portanto, o seu deve ser o primeiro  a aparecer,  o primeiro a mostrar-se,
primeiro que pode ser o único e,  mais sério ainda, talvez o último;

Quando a terra estiver seca,  que sua mão seja a primeira a regá-la;
quando a flor se sufocar na urze e no espinho,
que sua mão seja  a primeira a separar o joio, a arrancar a praga,
a afagar a pétala, a acariciar a flor;

Se a porta estiver fechada, de você venha a primeira chave;

Se o vento sopra frio, que o calor de sua lareira seja a  primeira proteção
e primeiro abrigo.

Se o pão for apenas massa e  não estiver cozido,
seja você o primeiro forno para transformá-lo em alimento.

Não atire a primeira pedra em quem erra.

De acusadores o mundo está cheio; nem, por outro lado, aplauda o erro;
dentro em pouco, a ovação será ensurdecedora;

Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu;

sua atenção primeiro para  aquele que foi esquecido;

Seja você o primeiro para aquele que não tem ninguém;

Quando tudo for espinho, atire a primeira flor;

seja o primeiro a mostrar que há  caminho de volta,

compreendendo que o perdão regenera,
que a  compreensão edifica,  que o auxílio possibilita,

que o entendimento reconstrói.

Atire você, quando tudo for pedra,

a primeira e decisiva flor.

ImagensDifoto_de_rosa

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

HÁ QUEM PASSE PELA VIDA...

Há quem passe e deixe só cicatrizes,

Há quem passe semeando flores.

Há quem passe banhando-nos em lágrimas,

Há quem passe disposto a secá-las.

Há quem passe torcendo por nossa vitória,

Há quem passe aplaudindo nossos fracassos.

Há quem passe ajudando-nos a levantar,

Há quem passe fazendo-nos cair.

Há quem passe como sombra,

Há quem passe como luz.

Há quem passe como pedra no caminho,

Há quem passe como pedra de construção.

Há quem para todo todo deslize veja uma falha

irreparável,

Há quem nos ofereça o perdão.

Há quem ignore nossos erros,

Há quem nos ajude a corrigir.

Há quem passe rápido, veloz, despercebido,


Há quem deixe marcas profundas.

Há quem simplesmente passe,                                                         

Há quem fique para sempre no coração.

Há quem passe pela vida,

Mas, há quem não deixe a vida passar

Sem um gesto de carinho,

Sem o AMOR ofertar!




Regina Célia Suppi

sábado, 11 de setembro de 2010

AS TRÊS PENEIRAS




Um rapaz procurou Sócrates e disse-lhe que precisava contar-lhe algo sobre alguém.

Sócrates ergueu os olhos do livro que estava lendo e perguntou:

- O que você vai me contar já passou pelas três peneiras?

- Três peneiras? - indagou o rapaz.

- Sim ! A primeira peneira é a VERDADE. O que você quer me contar dos outros é um fato? Caso tenha ouvido falar, a coisa deve morrer aqui mesmo. Suponhamos que seja verdade. Deve, então, passar pela segunda peneira: a BONDADE. O que você vai contar é uma coisa boa? Ajuda a construir ou destruir o caminho, a fama do próximo? Se o que você quer contar é verdade e é coisa boa, deverá passar ainda pela terceira peneira: a NECESSIDADE. Convém contar? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o planeta?

Arremata Sócrates:

- Se passou pelas três peneiras, conte !!! Tanto eu, como você e seu irmão iremos nos beneficiar.

Caso contrário, esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia entre irmãos, colegas do planeta.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Síndrome do Pânico? O Perfeito Amor lança fora o medo!Muitas vezes, nos vemos diante de situações que nos causam muito medo. Medo de não acertar, medo de ser reprovado, medo de não ser aceito, e tantos outros medos! No decorrer do capítulo 4 de I João, podemos perceber que o medo leva ao tormento. Ou seja, o medo pode gerar a impaciência ou quem sabe, o pânico. Nos nossos dias ouvimos muito sobre a "síndrome do pânico", um grande mau que a cada dia tem assolado muitas pessoas. Esta síndrome é algo inexplicável, no mesmo instante que a pessoa está bem, já começa a sentir um pavor, um medo incontrolável e muitas vezes a leva à depressão. Mas o que fazer para fugir deste medo ou desta síndrome? Meu querido, no verso acima, podemos perceber que no amor não existe medo, e mais: "O Perfeito Amor lança fora o medo!". Esse amor é o amor de Deus para conosco! Este amor se chama Jesus Cristo. Em Cristo, não há o medo... o perfeito amor de Deus lança fora todo o medo de nossos corações! Todas as incertezas... as angústias... têm que sair se estamos com as nossas vidas em Cristo. Jesus disse: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei!" (Veja Mateus 11:28).    
     Meu querido, o fardo pesado do medo, da angústia, das incertezas... têm assolado o seu coração??? Têm sobrecarregado sobre ti um jugo difícil de ser carregado? Hoje Jesus diz a você "VINDE A MIM"... Entregue-se ao Senhor... todos os seus problemas... todas as suas angústias e medos... e Ele tem o poder pra te aliviar... Ele tem o poder pra transformar a sua vida... pois, não há impossíveis para o Nosso Deus... o grande EU SOU.... Venha, hoje mesmo, para os braços do Senhor... e deixa Ele conduzir a sua vida... não hesite... entregue todos os seus problemas nas mãos do Senhor e descanse Nele... Só ELE pode mudar a situação da sua vida!

Que a Paz e o Amor do Senhor e Salvador Jesus Cristo reinem hoje e sempre sobre sua vida e família.

Fonte: Willian Andrade

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Se Deus é por nós, quem será contra nós?

 

O que devo fazer para Deus ser por mim? De súbito não tenho a resposta, apesar de ter o dever de tê-la, porque confesso que Jesus é Filho de Deus e morreu por mim no madeiro. Ou será que já respondi, basta somente confessar?
Estudando um pouco mais as escrituras vi que esta vantagem é para os escolhidos e para aqueles que O amam.
Na Bíblia Sagrada temos tantos exemplos de homens comuns que venceram porque Deus foi o Senhor de suas vidas, Deus interferiu em suas histórias.
Vencer... Não é apenas derrotar gigantes, caminhar entre mares, rios ou chamas. Atualizando, não é conseguir um excelente emprego, casa, carro, negócios, saúde ou todo bem que está a nossa volta. Apesar de fazerem parte dos nossos anseios e conquistas que nos alegram também.
As principais vitórias não são palpáveis. Acontecem quando vencemos a nós mesmos, o sistema e o diabo, mas sem intervenção do Senhor é impossível.
O rei Davi não apenas venceu o gigante, mas o medo, a incredulidade dos dois exércitos e até mesmo a inveja e a ira de seu irmão.
O que estou tentando dizer é que para vencermos nas batalhas visíveis precisamos transpor as invisíveis. E aqui que entra a diferença de ser escolhido. Não é fácil reconhecer uma batalha invisível se não for pelo Espírito Santo de Deus.
Se tenho o Espírito Santo e amo a Deus de modo que este amor me constrange a agir para defende-lo ou expressa-lo sou um escolhido, e se sou um escolhido sou a imagem de seu Filho e aí sim poderei dizer: Se Deus é por nós, quem será contra nós?
 

Anselmo Souza dos Santos

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Entrega dos Planos

28clima142 

"Porque sou eu que conheço os planos que tenho para

vocês, diz o SENHOR, planos de fazê-los prosperar e não

de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um

futuro". Jeremias 29.11

Muitas pessoas, pensando que sabem o que é 

melhor para suas vidas, desenham seus planos,

colocam num papel tudo aquilo que gostariam de

sem ter e fazer na vida, e no final pedem para Deus

abençoar.

Não é assim que a coisa funciona com Deus. Ele

já nos criou com um plano especial para cada um

de nós. Não estamos neste mundo por acaso ou

por alguma obra da natureza. Você foi criado por

Deus de uma forma singular e especial. Todas as

pessoas no mundo tem algo peculiar e individual.

A Bíblia diz que Deus nos criou, olha para nós,

cuida de nós, sabe quantos fios de cabelo temos,

sabe tudo a nosso respeito e Ele nos criou com um 

plano especial. Ele tem um propósito para nossas

vidas, porém, os nossos próprios propósitos

atrapalham os planos de Deus.caminhos

O texto acima diz que Deus tem planos para nós

e apresenta alguns detalhes deste plano:

1) Fazer-nos prosperar:

Infelizmente há pessoas que tem um conceito

errado do que significa prosperar Pensam que é

estar cheio de bens materiais, mas, a verdadeira

prosperidade é ter a benção da presença e do

cuidado de Deus na vida, e isto não é

necessariamente ter excesso de bens materiais. Ele nos dará tudo o que necessitarmos, além

disso, nos levará a viver no centro de Sua

soberana vontade.

2) Não nos causar dano:

É lamentável ver que Deus tem que falar para o

seu povo que não quer causar dano. Isto mostra a

ignorância do povo em conhecer o amor de Deus.

Deus é amor e não quer causar dano. Quando Ele

permite dificuldades e tributações em nossas

vidas, sempre é com o propósito de nos abençoar

e forjar o caráter de Cristo em nós Ele mesmo

promete que não permite uma provação além do

que podemos suportar (l Coríntios 10.13).

3) Pianos de dar esperança e um futuro:

Que benção saber que Deus quer nos encher de

esperança e dar um futuro promissor. Os planos de

Deus são muito melhores do que os nossos. Eles

são cheios de esperança, e o futuro que nos

aguarda é cheio de bênçãos aqui na terra e na

eternidade há alegria da sua presença e

recompensas celestiais.Z3zyikx

 

Faça uma entrega dos seus planos e aceite os planos de Deus.

Sua vida nunca mais será a mesma.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

MELHOR NÃO DEIXAR O OVO CAIR

 

"A história da Páscoa é um mito", dizia o professor de ciências de uma escola a seus alunos, alguns dias antes da Páscoa. "Jesus não saiu do túmulo, continuou,e,depois, não existe nenhum Deus no céu que possa permitir que Seu filho seja crucificado."

"Senhor, eu acredito em DEUS", Jimmy protestou. "E eu acredito que ele ressuscitou!".

"Jimmy, você pode acreditar no que você quiser, é claro"o professor respondeu," porém, no mundo real, não existe a possibilidade de tais milagres, como a ressurreição. Ninguém que acredite em milagres pode respeitar a ciência."

"Deus não é limitado pela ciência" Jimmy respondeu. "Ele criou a ciência!"

Incomodado com o modo como Jimmy defendia a sua fé, o professor propôs um experimento científico. Foi até à geladeira e pegou um ovo de galinha.

"Eu vou deixar este ovo cair no chão," começou o professor. "A gravidade vai fazer com que ele caia no chão e se despedace".Olhando fixamente para Jimmy,ele continuou: "Agorajimmy, eu quero que você faça uma oração e peça ao seu Deus para que, quando eu soltar este ovo, ele não caia no chão e se quebre. E se ele conseguir fazer isto, você terá provado que DEUS existe, e eu terei que admitir isso".

Após pensar por um momento sobre o desafio, Jimmy lentamente começou sua oração. "Querido Pai Celeste", ele iniciou. "Eu peço que quando o meu professor soltar este ovo... ele caia no chão e se quebre em uma centena de pedaços! E também, Senhor, eu peço que quando este ovo quebrar, meu professor tenha um ataque cardíaco fulminante e morra". Amém".

Após os cochichos da classe, veio um silêncio fúnebre. Por um momento o professor não fez nada. E por fim ele olhou para o Jimmy e depois para o ovo. E, sem dar uma palavra, ele cuidadosamente devolveu o ovo na geladeira. "A aula acabou", disse o professor enquanto pegava suas coisas.

O professor aparentemente acreditava mais em Deus do que ele mesmo imaginava. Muitas pessoas são como este professor; negam que Deus existe, mas correm para ELE nos momentos difíceis. Porém questionam, e o atacam todas as vezes que tem chance. Jimmy sabia que Deus não iria matar o seu professor naquele momento, mas também sabia que o seu professor não apostaria sua vida por um ovo.

Quando sua vida está em jogo, a idéia de que Deus existe parece fazer mais sentido.

 

Pôr-do-sol

João 8:12 Jesus disse:

" Eu sou a luz do mundo . Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida".

terça-feira, 3 de agosto de 2010

APRESSAR!!!

"Está escrito que Abrãao teve dois filhos... o filho da escrava nasceu de modo natural, mas o filho da livre nasceu mediante promessa(Gl 4.22-23)"

Paciência  é uma virtude rara em nosso tempo. Estamos tão acostumados com a rapidez que a tecnologia nos oferece que qualquer demora nos tira do sério: trânsito parado, conexão da internet lenta, filas. Mas não é algo restrito à nossa época. Veja  o caso de Sara e Abrãao. Deus prometera que Abrãao geraria um herdeiro e que sua descendência  seria incontável (Gn 15.4-5), mas ele tinha 86 anos e nada de filhos.Como aparentemente a promessa não incluía Sara, foi dela a idéia "brilhante": permitir que sua serva tivesse um filho com ele. Já que Deus demorava em cumprir sua promessa, o casal resolveu agir por conta própria, sem consultar o Senhor. O tão esperado filho nasceu e trouxe desavença entre Hagar e Sara. Treze anos depois, Deus disse a Abrãao que ele teria um filho com Sara, Isaque, e com este Deus faria sua aliança. O  nascimento de Isaque foi milagroso, pois os dois  já eram idosos. Isaque  deu origem ao povo de Israel, enquanto  os descendentes de Ismael  formaram o povo árabe. É fácil condenar  o casal  por sua atitude, mas não agimos assim também? Nossa tendência é apressar Deus para que ele cumpra suas promessas em nosso tempo, e não no dele. A verdade é que não conseguimos esperar e por isso buscamos resolver tudo da nossa maneira: o jeito mais prático e rápido, mas nem sempre o mais certo. E então  vêm consequências. Até hoje árabes e israelenses vivem em conflito, apesar de serem povos irmãos.
Seja paciente! Ore, espere a resposta de Deus e não aja sem a aprovação dele. Isso não quer dizer ficar de braços cruzados, mas deixar que Deus responda - quantas vezes oramos e logo tomamos decisão , como se a resposta de Deus não importasse! Não seja tão impulsivo : busque em Deus a direção para tomar suas decisões, mesmo que a repsosta esteja demorando- VWR


"PEÇA A DEUS QUE DESENVOLVA EM VOCÊ A PACIÊNCIA E ACEITE A PRIMEIRA LIÇÃO: AGUARDAR. "

Pão Diário nº 13

sexta-feira, 30 de julho de 2010

FUNDAMENTO!

"Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos (Tiago 1.22)."


Todo mundo sabe  que para se construir uma casa, mais do que um belo acabamento, é preciso um terreno firme e um bom alicerce. Gastamos tempo e dinheiro cavando fundo e construindo o tipo de fundação  adequado, que receberá a carga das paredes da construção. Quando a casa está pronta, o terreno e o alicerce não estão visíveis, mas são resposnáveis pela sustentação  da obra. Quando vêm os ventos e tempestades, a casa permanece em pé.
No texto de hoje, a vida do homem é comparada com a construção  de uma casa. Se quisermos  que ela fique firme, é preciso que seja construída sobre a rocha , que é Cristo. Precisamos cavar bem fundo , mais atentos ao alicerce do que á fachada. Então, quando passarmos  pelas tempestades  - as dificuldades da vida - não desabaremos. Mas também  há outra situação: quem ouve a Palavra e não pratica  é comparado a construtores  que edificam suas casas sobre  a areia.  Estão buscando a facilidade, pois não precisam  de esforço para cavar  na areia e podem  construir perto da praia  uma linda casa - que um  dia vai desmoronar. Qual destas construções retrata a sua vida?


"Ser cristão é mais do que falar, é praticar."

(Pão Diário nº 13)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Barbeiros Não existem

Era uma vez um homem que foi ao barbeiro. Enquanto tinha seus cabelos cortados, conversava com o barbeiro. Falava da vida e de Deus.
Daí a pouco, o barbeiro, incrédulo, não agüentou e falou:
- Deixa disso, meu caro, Deus não existe!
- Por quê? - perguntou o homem.
- Ora, se Deus existisse não haveria tantos doentes, mendigos, pobres, etc... Olhe em volta e veja quanta tristeza. É só andar pelas ruas e enxergar!
- Bem, esta é a sua maneira de pensar, não é?
- Sim, Claro!
Pois bem, o freguês pagou o corte e foi saindo, quando avistou imediatamente um maltrapilho imundo, com longos e feios cabelos, barba desgrenhada, suja, abaixo do pescoço. Não agüentou, deu meia volta e interpelou o barbeiro:
- Sabe de uma coisa? Não acredito em barbeiros!
- Como?!
- Sim, se existissem barbeiros, não haveria pessoas de cabelos e barbas compridas!
- Ora, existem tais pessoas porque evidentemente não vêm a mim; não vão ao barbeiro. Eu não tenho culpa...
- Agora você me respondeu porque existe tanta
tristeza em torno de nós...

 

http://www.mensagemevangelica.com.br/mensagensbiblicas/10_barbeiros.html

sábado, 17 de julho de 2010

A prosperidade do Cristão

 

centro noite

Prosperidade no sentido bíblico, significa ausência de necessidade. Quem prega prosperidade de bens materiais, riqueza, acúmulo de bens terrenos como condição básica para a felicidade humana está pregando outra doutrina e não a doutrina cristã: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação” (Fp 4:11). A base de nossa felicidade é saber que fomos perdoados dos pecados e estamos salvos, por causa de Jesus Cristo!

Veja o caso de José no Egito e seus dois filhos, Efraim e Manassés. Os jovens já nasceram em palácios, cheios de servos e criados, sendo José o segundo homem mais poderoso do império. Nada lhes faltava. No entanto, José vai visitar Jacó e os leva e ali Jacó os ABENÇOA para que saiam do palácio e venham ser seus “filhos”, vivendo como pastores, servindo a ovelhas e dormindo ao relento. Isso é bênção? Sim, é bênção, pois assim foram preservados da contaminação das riquezas, da idolatria, das concupiscências e tendo, assim assegurados a sua entrada na terra prometida. E José compreendeu e aceitou entregá-los ao pai: “Agora, pois, os teus dois filhos, que te nasceram na terra do Egito, antes que eu viesse a ti no Egito, são meus; Efraim e Manassés serão meus, como Rúben e Simeão…Tendo Israel visto os filhos de José, disse: Quem são estes? Respondeu José a seu pai: São meus filhos, que Deus me deu aqui. Faze-os chegar a mim, disse ele, para que eu os abençoe…E José, tirando-os dentre os joelhos de seu pai, inclinou-se à terra diante da sua face. Depois, tomou José a ambos, a Efraim na sua mão direita, à esquerda de Israel, e a Manassés na sua esquerda, à direita de Israel, e fê-los chegar a ele…Assim, os abençoou naquele dia, declarando: Por vós Israel abençoará, dizendo: Deus te faça como a Efraim e como a Manassés. E pôs o nome de Efraim adiante do de Manassés” (Gn 48:5,8,9,12,13,20).

A Bíblia é bem clara em dizer que o amor do dinheiro é a raiz de todos os males e que é muito perigoso lutar para ser rico: “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição” (1 Tm 6:9). Um cristão pode ser rico, sem apostatar da fé? É claro que pode! Um cristão pobre pode apostatar da fé? É claro que pode também! Não é, portanto, a riqueza o mal, mas o amor ao dinheiro.

Deus é soberano e Ele PODE abençoar alguém materialmente falando ou não. Depende muito de como está o coração da pessoa. Existem algumas pessoas que não podem enriquecer, porque senão se afastarão de Deus. Neste caso, para o bem delas mesmas, o Senhor as mantém somente com o necessário. Outras não têm o coração nas riquezas e então o Senhor pode enriquecê-las, dando-lhes junto o dom de misericórdia, para com isso abençoarem a Igreja, gerando empregos, ofertas, assistência social, etc.

 Estrada Dízimo e oferta não é troca com o Senhor. “Eu entrego o dízimo e o Senhor me prospera!”. Nada disso. Dízimo é reconhecimento de que Deus JÁ TEM ME ABENCOADO. Dos cem por cento que recebo, retenho noventa e entrego somente dez, como prova de que confio no Senhor.

A passagem em Malaquias que diz que Deus irá abrir as janelas do céu derramando bênçãos sem medida (Ml 3:10-12) está relacionada principalmente a bênçãos espirituais (ensinos, revelações, sabedoria, paz), pois provêm do céu e lá dinheiro e bens materiais nada valem. O que é derramado a partir do céu, irmão, só pode ser bênção celestial e não terrena. Quem nos dá algo em troca de alguma outra coisa é satanás (Mt 4:9).

Quanto a comer o melhor desta terra (Is 1:18-20) não está relacionado a bens materiais ou riquezas, mas ao desfrute da santificação, vida em paz, manifestação em nossas vidas, com abundância, do fruto do Espírito Santo (Gl 5:22).

Que o Senhor te conceda plena compreensão destas coisas e a paz de Cristo seja abundante em seu coração.

José Adelson de Noronha

domingo, 11 de julho de 2010

COMO O AMOR ATUA!!!!

Quando você der alguma coisa a um necessitado, não fique contando o que fez, como os hipócritas fazem nas casas de oração e nas ruas. ... Mas... faça isso de tal modo que nem mesmo o seu amigo mais íntimo saiba o que você fez. S. Mat. 6:2 e 3 (BLH).

Perguntaram certa vez a Ernest Shackelton, famoso explorador britânico da Antártica, qual tinha sido o momento mais terrível que ele passara no continente gelado. Alguém poderia pensar que ele contaria a história de alguma terrível nevasca polar, mas não foi isso. Contou que seu mais terrível momento veio certa noite quando ele e seus homens estavam amontoados numa cabana de emergência, tendo sido distribuídas as últimas porções de alimento.
Enquanto seus homens dormiam profundamente, Shackelton permanecia acordado, com os olhos semicerrados. De repente, viu um movimento sorrateiro de um de seus homens. Espiando naquela direção, ele viu que o homem furtivamente ia na direção de outro e retirava um pacote de biscoitos da mochila de seu companheiro. Shackelton ficou chocado! Até aquele momento, ele teria confiado a própria vida àquele homem. Agora tinha suas dúvidas.
Mas então, enquanto observava, percebeu que o homem abria seu próprio pacote de biscoitos, tirava de lá o último bocado de alimento, colocava-o no pacote do outro homem e o recolocava na mochila do companheiro.
Ao narrar a história, Shackelton disse: "Não ouso dizer o nome daquele homem. Acho que seu gesto foi um segredo entre ele e Deus."
É assim que acontece com o tipo de amor de que a Bíblia fala. Ele não realiza boas obras para ser visto pelos homens. Henry Drummond, grande pregador inglês, disse: "Depois de ter andado pelo mundo inteiro fazendo suas belas obras, o amor se esconde, até de si mesmo."
O coração humano anseia por reconhecimento. Não deseja que permaneçam ocultas as suas boas ações - e é aí que muitos caem na armadilha de Satanás! Depois que Deus efetua em nós "o realizar, segundo a Sua boa vontade" (Filip. 2:13), o tentador aparece e nos leva a vangloriar-nos das maravilhosas coisas que fizemos.
Qual é a solução? Nunca pare para vangloriar-se. Fixe a mente em Jesus e continue a permitir que Deus efetue Sua boa vontade através de você.
Prova Convincente
Nisto conhecerão todos que sois Meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros. S. João 13:35.

Quando eu era adolescente, resolvi deixar minha marca no mundo como artista. Meu pai havia recentemente adquirido uma Bíblia em três volumes, ilustrada por Paul Gustave Doré, e aquelas ilustrações tiveram peso importante na minha decisão.
Doré obteve fama com as suas gravuras de personagens religiosos e históricos. Passei horas estudando as técnicas dele e, embora meu interesse pela arte se desvanecesse com o tempo, ainda guardo vívidas imagens mentais daqueles desenhos.
Certa ocasião, viajando pela Europa, Doré perdeu seu passaporte. Quando ele chegou à alfândega seguinte, o guarda lhe pediu os documentos de viagem. Doré tentou explicar o que tinha acontecido.
- Eu sou Paul Gustave Doré - disse ele - e perdi meu passaporte. Apreciaria que fizesse a gentileza de deixar-me passar. Tenho de atender a compromissos importantes.
- Não tente fazer-nos de bobos - disparou o guarda. - Você não é a primeira pessoa que perde o passaporte e tenta fazer-se passar por alguém importante.
Doré suplicou a compreensão do guarda, mas em vão. Finalmente, um oficial aproximou-se e disse:
- Se o senhor é realmente Doré, tome este lápis e papel e desenhe aquele grupo de camponeses ali.
Dentro de alguns minutos, o grande artista produziu uma figura de semelhança impressionante com o grupo. Mesmo antes de concluído o desenho, o oficial, convencido de que aquele era realmente o famoso artista, permitiu-lhe a entrada no país.
Algumas pessoas, hoje, tentam fazer-se passar por cristãs, mas falta-lhes o amor fraternal que, segundo Jesus, caracterizaria Seus seguidores. Os cristãos primitivos viveram numa época em que a prática do cristianismo podia significar o martírio, mas ainda assim demonstravam o seu amor fraternal, arriscando a vida para ajudar seus irmãos perseguidos; em alguns casos, obtinham inclusive a relutante admiração dos perseguidores. Tertuliano, um escritor cristão do segundo e terceiro séculos, citou a declaração de um oficial pagão desta maneira: "Veja como esses cristãos se amam uns aos outros."
O amor fraternal não é um manto que se "veste" para convencer os incrédulos, mas uma qualidade que brota naturalmente de um coração amorável.

Sincero Interesse Pelas Almas
Só Deus sabe como é profundo o meu amor e a saudade que tenho de vocês - com a ternura de Jesus Cristo. Filip. 1:8 (A Bíblia Viva).

Em nosso versículo, Paulo declara que ele nutria tanto amor pelas almas dos crentes filipenses como Jesus. Você e eu precisamos de mais desse tipo de amor pelas almas.
Certa ocasião, no tempo da Sociedade de Amigos, um membro da seita dos quacres cavalgava por um urzal quando ouviu o som de cascos de cavalo atrás de si. Num momento, um salteador o alcançou e, apontando-lhe a pistola, exigiu:
- O dinheiro ou a vida!
Sem hesitar, o quacre puxou sua carteira e entregou-a ao homem.
- O senhor tem um belo cavalo - observou o ladrão. A seguir ordenou: - Desça! Vou levá-lo.
Calmamente, sem uma palavra de protesto, o quacre desmontou e o ladrão trocou de cavalo. Enquanto o salteador se virava para ir embora, o quacre se colocou na frente dele e, segurando as rédeas, começou a falar.
- Como é que pode - observou ele com terna sinceridade - um homem criado à imagem de Deus, ser feliz vivendo uma vida de crime e violência? Arrependa-se, meu amigo, antes que seja tarde demais!
O assaltante tirou a pistola e, apontando-a para a cabeça do quacre, rosnou:
- Como se atreve a me pregar um sermão, seu... Mais uma palavra, e vou abatê-lo aí mesmo.
O quacre nem piscou.
- Amigo - disse ele sorrindo - eu sei muito bem que poderia matar-me. Eu não arriscaria a vida para salvar minha carteira ou meu cavalo, mas alegremente a entregaria se pudesse salvar a sua da condenação eterna!
Sem uma palavra, o assaltante colocou novamente a pistola no coldre, saltou do cavalo do quacre e o devolveu, juntamente com a carteira. Depois, montando em seu próprio cavalo, foi embora dizendo:
- Se a sua preocupação por minha alma é tanta, não vou levar nada.
Embora sem ter certeza, podemos esperar que a mudança de idéia do assaltante tenha produzido também uma mudança de coração. Mas uma certeza podemos ter: se demonstrássemos tanto interesse por uma alma como aquele quacre, veríamos muito mais milagres da graça hoje em dia.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

APROVEITE BEM!!!!

 

… aproveitando bem ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus. (Efésios 5:16).

 

NAOCONSTRUACASTELOSDEAREIA

Na parábola dos talentos observamos um homem que,ausentando-se do país, deixou alguns de seus servos  certo valor em dinheiro. A um deixou cinco talentos, a outro dois, e a outro um. Dois deles aproveitaram o que tinham recebido para investir, vindo dobrar o valor recebido, ao contrário do que recebera só um talento.Quando aquele homem voltou, os servos foram chamados para prestar contas. Os que tinham  dobrado os talentos receberam elogios e maiores responsabilidades. Entretanto  o que havia enterrado o talento do seu patrão, foi expulso da presença deste. A nós esta parábola diz o segunte:abrindo_a_porta 

1. Todos os talentos ou dons são oportunidades que Deus nos dá para realizar alguma coisa para expandir o seu reino aqui na Terra.

2. O fato de cada um receber diferentes quantidades de talentos  indica que nem todos  tem oportunidades  iguais  em numero e em quantidade.

3. O dever de cada cristão é aplicar esses dons , fazendo  uso desses oportunidades e não mantê-los apenas em segurança, como fez o servo que recebera um talento.

4. Haverá um dia quando nosso Senhor pedirá  contas das oportunidades que deu a cada um de nós.

5. A falta  do servo que recebera um talento  foi negligenciar  sua oportunidade, talvez por achar que não valesse a pena, mas Deus dá cada um a medida certa e e se não aproveitarmos , o prejuízo será de todos.

6. O servo fiel  receberá maiores bençãos , que são  responsabilidades  maiores para servir , enquanto  o infiel perde até o pouco que não soube usar.

Rosa vermelha

 

Por isso, seja qual for a oportunidade que voce tiver em sua vida, aproveite-a e faça com que se  desenvolva demodo que faça crescer o reino de Deus.

 

O VALOR DO SEU TALENTO SERÁ DO TAMANHO

DO USO QUE VOCÊ  FIZER DELE. –

-PÃO DIÁRIO-

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Como Conquistar o Respeito


"Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão... na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza". I Tim. 4:12.

Muitos adultos acham difícil suportar o desprezo e o desdém de outros adultos, mas para um adolescente é duas vezes mais difícil suportar o desprezo e o desdém de seus companheiros da mesma idade.
Um dia, quando Leo Buscaglia estava saindo da escola, uma gangue de arruaceiros o cercou e começou a crivá-lo de apelidos por causa de sua ascendência italiana. Humilhado e aos prantos, rompeu o círculo de seus atormentadores e correu para casa. Lá, trancou-se no banheiro e chorou amargamente.
Seu pai o ouviu chorando e perguntou qual era o problema. Quando Leo contou o que havia acontecido, esperou que seu pai tomasse imediatas providências - ou que batesse nos desordeiros ou pelo menos reclamasse com os pais deles, exigindo que fossem castigados. Seu pai não fez nem uma coisa, nem outra. Em vez disso, começou a mencionar algumas coisas acerca dos italianos, das quais Leo podia orgulhar-se.
Mas isso não acalmou o garoto.
- Eu não gosto de ser diferente! - protestou ele. - Quero ser como todos os outros.
- Como todos os outros? Você quer dizer que gostaria de ser como aqueles garotos que o insultaram? - perguntou o pai, articulando bem as palavras.
- Não! - rosnou Leo em resposta.
- Então tenha orgulho daquilo que você é - aconselhou o pai. - Afinal de contas, todo o mundo é diferente de todas as demais pessoas.
Mas o conselho de Paulo ao jovem Timóteo foi além do conselho que o pai de Leo deu a seu filho. Sendo um modelo de cristão, podemos conquistar o respeito alheio.